19 anos depois da última participação, o Sporting Clube de Portugal foi esta manhã segundo classificado na prova masculina da Taça dos Clubes Campeões Europeus de Corta-Mato, realizada em Albufeira.
 

Os leões somaram 45 pontos, a 8 dos vencedores, o Istanbul BBSK da Turquia, com o pódio a ficar completo com os espanhóis do Bikila, que somaram 76 pontos.
 

A formação de Alvalade contou com o argelino Rabah Aboud no 2º lugar individual e com os portugueses Licínio Pimentel em 12º, Rui Teixeira em 14º e António Silva em 17º.
 

Com o segundo lugar no pódio, o Sporting garante desde já a presença na edição de 2018 da competição.
 

Na história recente da Taça dos Clubes Campeões Europeus de Corta-Mato, a Conforlimpa foi o último vencedor Luso, em 2011, com o Benfica a ser segundo em 2014.
 

Depois de concluída a edição de 2017, o Sporting Clube de Portugal continua a ser a equipa com mais títulos na competição, 14 no total, a última em 1994.
 

Em femininos, o Sport Lisboa e Benfica, representante português nesta competição pela vitória colectiva conseguida no Nacional de Corta-Mato em 2016, não apresentou nenhuma atleta à partida, com a vitória por equipas a sorrir às turcas do Uskadur Belediye SK.

Em juniores femininos, a União Desportiva da Várzea foi 10ª classificada com 161 pontos, numa equipa composta por Sara Duarte (27ª), Marta Silva (37ª), Catarina Ribeiro (47ª) e Tatiana Costa (50ª).
 

Nos juniores masculinos, o Sport Lisboa e Benfica foi 6º classificado com 109 pontos, numa equipa composta por Pedro Ferreira (19º), Miguel Mascarenhas (25º), Isaac Nader (32º) e Luis Monteiro (33º).
 

A 5 de março, em Mira, disputa-se o Campeonato Nacional de Corta-Mato Longo, prova que decide quem são os representantes portugueses na edição de 2018.