Almeirim acolheu hoje os Campeonatos Nacionais de Marcha em Estrada 20 km, numa organização da Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) e da Associação de Atletismo de Santarém, com o apoio da Câmara Municipal de Almeirim. João Vieira, do Sporting Clube de Portugal (SCP), venceu pela 9.ª vez esta competição, carimbando o seu 60.º título nacional, com o tempo de 1h26m35s, numa prova que liderou desde o seu início. Em segundo lugar, classificou-se Manuel Marques, do Atlético Clube da Póvoa de Varzim, com o tempo de 1h34m14s. Fechou o pódio Ruben Santos, também do SCP, sendo o primeiro classificado Sub-23, com a marca de 1h37m57s. 

 

 

Do lado feminino, o desenrolar da competição não foi diferente, com Ana Cabecinha, do Clube Oriental de Pechão (COP), a renovar o título de campeã nacional, em 1h35m46s, numa prova que dominou desde a partida, aumentando a distância em relação ao segundo grupo – liderado pela colombiana Arabelly Orjuela e no qual seguiam também a Sub-23 Maria Bernardo, do COP, Carolina Costa, do SCP, Inês Mendes e Inês Henriques, ambas do Clube de Natação de Rio Maior –, a cada quilómetro que completava. Arabelly Orjuela e Maria Bernardo descolaram-se na reta final do grupo, levando a atleta do COP a melhor sobre a colombiana, terminando na segunda posição – primeira Sub-23 – em 1h36m30s, marca de qualificação para os Campeonatos da Europa de Equipas. Fechou o pódio nacional Carolina Costa (1h37m25s), quarta classificada na geral.

 

No final, Ana Cabecinha mostrou-se bastante satisfeita não só “pela revalidação do título, que era o objetivo”, mas também pela confirmação da marca de qualificação para os Campeonatos da Europa de Equipas em Marcha, que se realiza em Proděbrady, República Checa, a 16 de maio, principalmente por tal ter acontecido numa fase menos positiva a nível pessoal. “Pensei em não vir devido ao facto de o meu pai estar hospitalizado, mas ele fez-me prometer que vinha e, por isso, esta vitória é para ele”, declarou. A atleta do COP, que também começou o ano a testar positivo à COVID-19 garante que está totalmente “focada em fazer uma grande marca em maio, nos campeonatos da Europa”, para depois se dedicar ao grande objetivo, que “são os Jogos Olímpicos de Tóquio”.

 

Na prova extra de 10 km, destaque, do lado masculino, para o júnior Pedro Dias, do Clube Oriental de Pechão, que venceu a prova em 45m05s, alcançando a marca de qualificação para os Campeonatos da Europa de Equipas em Marcha. Do lado feminino, a júnior Adriana Viveiro, da ADRAP, venceu a prova em 48m24s, conseguindo igualmente a marca de qualificação para os europeus de equipas em marcha.

 

Os resultados completos estão disponíveis em www.fpacompeticoes.pt.

 

Fotos: FPA/Marcelino Almeida