Dois canais de televisão (para além do live streaming) transmitem as provas

 

Lisboa está preparada para receber a 104ª edição masculina e 82ª feminina dos Campeonatos de Portugal, que se realizam no Estádio Universitário de Lisboa, em duas jornadas, no sábado e no domingo.

 

Mariana Machado e Lia Lemos na final de 3000 m, Catarina Lourenço na meia final de 200 m

 

A jornada da tarde, nos Europeus Sub20, que decorrem em Boras, na Suécia, trouxeram mais apuramentos para finais.

 

Assim, nos 3000 metros, apuramentos diretos de Mariana Machado (3ª, com 9.30,03) e Lia Lemos (4ª, com 9.30,48). A final será no próximo domingo, umas horas antes da final dos 1500 metros, para a qual Mariana Machado também está apurada.

 

Etson Barros (3000 m obstáculos), Gerson Baldé e Gonçalo Veloso (altura) seguem em frente

 

Etson Barros apurou-se para a final dos 3000 metros obstáculos nos Europeus Sub20, que decorrem em Boras, na Suécia. O português foi segundo classificado na sua meia-final, com 9.03,70 minutos.

 

Miguel Moreira, Nuno Pereira e Rogério Amaral também nas finais

 

Mariana Machado conseguiu o apuramento direto para a final dos 1500 metros nos Campeonatos Europeus Sub20, que se estão a disputar em Boras, na Suécia. A portuguesa venceu a sua meia-final com a marca de 4.27,14 minutos. Numa prova muito tática, e mais lenta do que a primeira meia-final, a bracarense teve que mudar de ritmo para garantir o apuramento direto. 

 

Hélio Gomes regressou à competição com um quinto lugar nos 5000 metros no Meeting de Barcelona, registando a melhor marca portuguesa do ano com 13.41,01 minutos, numa corrida cujo vencedor foi o queniano Michael Kibet (13.25,80m).

 

No próximo fim-de-semana, a Federação Portuguesa de Atletismo, com a colaboração da Associação de Atletismo de Lisboa, realiza os Campeonatos de Portugal, que neste ano de 2019 conhecerá a 104ª edição masculina e 82ª edição feminina.

 

Estes Campeonatos de Portugal realizam-se no Estádio Universitário de Lisboa, em duas jornadas, com a de sábado a iniciar-se às 15.45 horas, e a de domingo tem início às 15.55 horas.

 

E Irina Rodrigues garante presença em Doha

 

A sportinguista Patrícia Mamona assegurou hoje a marca de qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 ao saltar 14,37 metros (v: +1,9 m/s) no triplo-salto, no Meeting de Pádua (Itália), terminando no quarto lugar da prova, atrás da venezuelana Yulimar Rojas (14,87m), Liadagmis Povea (Cuba), com 14,64 e Ana Peleteiro (Espanha), com 14,47 m.

 

Obviamente, esta marca confirma a qualificação da sportinguista para os Mundiais de Doha’2019.

 

A Federação Portuguesa de Atletismo apresenta condolências aos familiares e amigos de Renato Silva, um antigo atleta, falecido recentemente.

O funeral do malogrado atleta realiza-se hoje, às 18 horas, na Igreja de Salgueiro, em Vagos.

 

Quatro lugares de finalista na última jornada
 

Terminaram hoje os Europeus de Sub23, que decorreram em Gavle, na Suécia, com várias presenças portuguesas nas finais da tarde, destacando-se a prova de 1500 metros, com Salomé Afonso a terminar na quinta posição, com 4.25,78, logo à frente de Patrícia Silva, sexta classificada, com 4.26,06.

 

Fora as melhores da comitiva portuguesa, a par de Cláudia Ferreira, que terminou num honroso sexto lugar do lançamento do dardo, com um registo de 51,27 metros.

 

Sofia Lavreshina (Vidigalense) obteve três títulos individuais

 

Confirmando a liderança registada no final do primeiro dia, o Sporting  sagrou-se campeão Nacional Sub18 em ambas as classificações coletivas. Em masculinos, os “leões” impuseram-se ao Benfica e ao Juventude Vidigalense, enquanto em femininos, as “leoas” ficaram à frente do Juventude Vidigalense e do GD Estreito.

 

Páginas