A Federação Portuguesa de Atletismo apresenta condolências aos familiares e amigos de Renato Silva, um antigo atleta, falecido recentemente.

O funeral do malogrado atleta realiza-se hoje, às 18 horas, na Igreja de Salgueiro, em Vagos.

 

Quatro lugares de finalista na última jornada
 

Terminaram hoje os Europeus de Sub23, que decorreram em Gavle, na Suécia, com várias presenças portuguesas nas finais da tarde, destacando-se a prova de 1500 metros, com Salomé Afonso a terminar na quinta posição, com 4.25,78, logo à frente de Patrícia Silva, sexta classificada, com 4.26,06.

 

Fora as melhores da comitiva portuguesa, a par de Cláudia Ferreira, que terminou num honroso sexto lugar do lançamento do dardo, com um registo de 51,27 metros.

 

Sofia Lavreshina (Vidigalense) obteve três títulos individuais

 

Confirmando a liderança registada no final do primeiro dia, o Sporting  sagrou-se campeão Nacional Sub18 em ambas as classificações coletivas. Em masculinos, os “leões” impuseram-se ao Benfica e ao Juventude Vidigalense, enquanto em femininos, as “leoas” ficaram à frente do Juventude Vidigalense e do GD Estreito.

 

Os Campeonatos Nacionais Sub18, que estão a decorrer em Fátima, no Estádio Papa Francisco, têm grande participação e já deram alguns bons resultados, destacando-se as melhores marcas nacionais do ano nos 100 metros, por Íris Silva (AA Mafra), com 12,25 segundos, e no comprimento (esta igualada), por Lurdes Oliveira (UC Eirense), com 5,69 m.

 

Em termos coletivos, destaque para o Sporting, que lidera, quer em femininos (com Vidigalense e Estreito nos lugares imediatos), quer em masculinos (com Benfica e Vidigalense em lugares de pódio).

 

Cinco lançadores estiveram em Kladno

 

Boa presença portuguesa no Meeting de Kladno, na República Checa, com o triunfo de Liliana Cá (Novas Luzes) no lançamento do disco, com a marca de 57,33 metros.

 

Depois, no peso, a sportinguista Jessica Inchude alcançou o segundo lugar com um lançamento de 17,04 metros, à frente da benfiquista Eliana Bandeira, que fez 15,57 metros.

 

Décio Andrade 11º na final do martelo

 

Na jornada de hoje dos Campeonatos Europeus Sub23, que decorrem em Gavle, na Suécia, as provas da manhã trouxeram as qualificações para as finais das provas de lançamento do dardo e salto em comprimento, que se realizam amanhã. 

 

Na primeira, Cláudia Ferreira apurou-se para a final com a marca de 52,27 metros, a escassos 7 centímetros do recorde pessoal! Terminou em oitavo lugar na geral.

 

Depois da prata no comprimento... a prata no triplo

 

Evelise Veiga está a ser a grande figura portuguesa nas Universíadas’2019, que decorrem em Nápoles, pois a atleta conseguiu a medalha de prata na prova de triplo-salto, com a marca de 13,81 metros (v: +0,4 m/s), superada apenas pela ucraniana Olha Korsun (13,90, recorde pessoal). Outra portuguesa, Ana Oliveira, foi 12ª com a marca de 13,02 metros.

 

Alterações nas duas jornadas


A Federação Portuguesa de Atletismo informa que, devido ao elevado número de atletas participantes nos Campeonatos Nacionais Sub 18 (juvenis), que terão lugar este fim-de-semana (13 e 14 de julho), em Fátima, no Estádio Papa Francisco, foram feitos pequenos ajustes ao Programa-Horário inicial.

 

Assim, no Sábado anteciparam-se em 5 minutos as eliminatórias de 100 metros Femininos, enquanto no domingo se anteciparam as primeiras quatro corridas em cerca de 20 minutos.

 

Salomé Afonso, Patrícia Silva e Décio Andrade em destaque

 

Segundo dia de participação portuguesa nos Campeonatos Europeus de Sub23, que decorrem em Gavle, na Suécia, com três portugueses apurados paras as finais.

 

O primeiro foi Décio Andrade, que terminou o seu grupo de qualificação em quarto lugar (com 68,06 metros, 9º no geral), apurando-se para a final (amanhã, dia 13, às 15.55 horas). Já Ruben Antunes não conseguiu essa passagem, terminando em 15º da geral, com o lançamento de 65,03 metros.

 

 

Três apuramentos para as meias-finais

 

Portugal fechou o primeiro dia com vários apuramentos para meias-finais nos Campeonatos Europeus de Sub23, que decorrem em Gavle, na Suécia.

 

Durante a manhã, Frederico Curvelo (10,77, v: -1,9 m/s) conseguiu o apuramento direto para a meia-final (com Rafael Jorge a ser desclassificado por falsa partida), mas ali chegado (à tarde), não conseguiu melhor que o sétimo lugar na mesma, com a marca de 10,79 segundos, ficando fora da final. 

 

Páginas