Presidente da FPA, Jorge Vieira, esteve na homenagem a Fernanda Ribeiro

 

A 16ª edição da EDP Maratona do Porto foi apresentada no Salão Árabe do Palácio da Bolsa, perante uma planeia repleta de convidados que assumem uma importância decisiva na organização do maior evento do ano na cidade do Porto.

 

A EDP Maratona do Porto reúne três das melhores chancelas do mundo: a Bronze Label Road Race pela International Association of Athletics Federations (IAAF), uma distinção que a coloca como uma das melhores provas no circuito mundial das maratonas, pertencendo assim ao calendário oficial da IAAF, as 5 estrelas pela Associação Europeia de Atletismo, marca “Quality Road Race”, que garante que a prova tem “um nível elevado de segurança pessoal e patrimonial e serviços de alta qualidade” e, agora, também faz parte das Wanda Age Group World Major Marathons.

 

Contando com um lote de atletas de elite de grande valor, entre quenianos e etíopes que são favoritos à vitória, um destaque especial para o espanhol Martin Fiz, que na continuidade da sua carreira de alto rendimento não deixou a competição, tentando superar no Porto o recorde do mundo na maratona no seu escalão.

 

Entretanto, porque isso é muito importante para a economia local, foi revelado um estudo feito por uma equipa de investigação da Universidade do Algarve, intitulado “Impacto da EDP Maratona do Porto 2018 na Economia do Turismo e Promoção da Cidade do Porto e Região Norte de Portugal”.

 

Através deste estudo, foi possível concluir que 62,6% dos visitantes nacionais  deslocam-se propositadamente ao Porto para participar na Maratona, sendo esta inequivocamente a principal motivação de visita e estada média é 2,0 noites. Em relação aos visitantes estrangeiros, estes são maioritariamente de origem europeia, 94,2% deslocam-se propositadamente ao Porto para participar na Maratona, e ficam em média 3,9 noites na cidade.

 

Como evento a EDP Maratona do Porto 2018 produz o impacto estimado de 12,7 milhões de euros na economia local, contributo que não é esporádico ou casual.

 

Na apresentação da prova, Jorge Vieira, Presidente da Federação Portuguesa de Atletismo (FPA), começou por referir que “o atletismo é a atividade física de preferência da maioria dos portugueses”. O Presidente da FPA acredita que “são iniciativas como a EDP Maratona do Porto que contrariam a tendência da inatividade e do sedentarismo da população”. 

 

Na conferência de imprensa, o diretor da prova, Jorge Teixeira, homenageou num momento emocionante a campeã olímpica, mundial e europeia Fernanda Ribeiro, especialista nos 5.000 e 10.000, pela sua carreira de sucesso em títulos internacionais.

 

A 16ª edição da EDP Maratona do Porto realiza-se a 3 de novembro de 2019 e tem partida marcada para as 9h00 junto ao Sealife Porto e chegada no Queimódromo (Parque da Cidade do Porto).