Nelson Évora e Pedro Pichardo competiram na final da Liga Diamante

 

No último dia do prazo para a concretização de  marcas  de qualificação para os Campeonatos Mundiais de 2019, que se realizam daqui por 20 dias em Doha, no Qatar, foram vários os portugueses em competição.

 

Destaque para o triunfo de Francisco Belo no Meeting de Andujar, com a marca de 20,65 metros, numa prova em que Tsanko Arnaudov foi quarto, com a marca de 19,93 metros. 

 

Nesse mesmo meeting, Susana Costa foi segunda no triplo salto, com a marca de 13,99 metros, assistindo ao momento brilhante da venezuelana Yulimar Rojas, que ascendeu ao segundo lugar de sempre com um salto prodigioso de 15,41 metros (a nove centímetros do recorde mundial!).

 

Excelente esteve André Pereira, sexto classificado nos 3000 metros obstáculos, mas com um recorde pessoal (8.38,69 minutos).

 

Mais longe, na Bélgica, a cidade de Bruxelas recebeu a segunda final da Liga Diamante, ali se registando a presença dos portugueses Nelson Évora (sexto, com 16,54 metros) e Pedro Pichardo (sétimo, com 16,32 metros).

 

Na mesma competição, mas nas disciplinas de desporto adaptado, participou o português Helder Mestre (T51), que foi quinto classiifcado na prova de 100 metros cadeira de rodas, com a marca de 23,36 segundos.