No atletismo adaptado, Manuel Mendes e Ricardo Gomes conseguiram marcas de qualificação para as grandes competições 

 

Numa manhã com boas condições atmosféricas, a Federação Portuguesa de Atletismo, com o apoio da Associação de Atletismo de Setúbal e da Câmara Municipal de Palmela, organizou a Maratona do Centenário, na zona industrial em Palmela, junto à Autoeuropa.

 

Luís Saraiva e Rafaela Fonseca foram os vencedores desta 82ª edição (masculina) dos Campeonatos de Portugal de Maratona, dois vencedores inéditos da competição, que terminaram completamente isolados. O atleta do Sporting Clube de Braga, com uma corrida praticamente solitária, terminou a sua estreia na maratona com a marca de 2:18.08, o melhor registo português nos nacionais de maratona desde que Rui Pedro Silva estabeleceu o recorde dos campeonatos no Porto, em 2013.

 

Para o vencedor, «foi uma estreia, serviu para sentir como é a maratona, mas trabalhei para um resultado dentro de marca de qualificação. Fiquei muito cedo sozinho e não deu. Fica a experiência com a convicção de noutra prova, com melhor percurso e mais companhia, fazer melhor».

 

Bem longe do primeiro, completou-se o pódio masculino com Fábio Oliveira (São João da Serra) e João Antunes (Prime Running). 

 

Em femininos, estreia vitoriosa de Rafaela Fonseca, São Salvador do Campo (ex-velocista), numa corrida solitária, mesmo antes de Susana Cunha ter abandonado a prova, que cortou a meta com o tempo de 2:51.37 horas. Vera Nunes, que cumpriu todo o percurso, apesar de ter começado por ser guia da atleta Odete Fiúza (que desistiu na última das quatro voltas do percurso) fechou a contagem em 3:21.13.

 

A vencedora, que nunca sonhara terminar uma maratona, acabou por vencer em estreia. «Apesar de tudo ia com ambição de correr até 2h40, mas senti-me mal na segunda parte e com o desgaste apenas pensei em terminar, o que me deixa muito feliz, com o título».

 

No que concerne ao desporto adaptado, destaque para Manuel Mendes, do Vitória de Guimarães, que conseguiu marca de qualificação para os Jogos Paralímpicos; e ainda para Ricardo Gomes e Rui Rodrigues, que também conseguiram marca para os Campeonatos do Mundo de Surdos.

 

Principais resultados:
Masculinos: 
1. Luís Saraiva (SC Braga), 2h18m08s; 2. Fábio Oliveira (São João do Campo), 2:21.53; 3. João Antunes (Prime RC), 2:27.46; 4. Carlos Cardoso (Individual), 2:33.59; 5. Manuel F. Mendes (Vitória SC), 2:42.53; … ; 9. Ricardo Gomes (SC Espinho), 2:46.21.
Femininos: 
1. Rafaela Fonseca (S. Salvador do Campo), 2:51.37; 2. Vera Nunes (Individual), 3:21.13.

 

Resultados completos na página de competições da Federação Portuguesa de Atletismo.

 

Fotos disponíveis na Galeria de Fotos