Vários recordes pessoais e marcas de qualificação para Edgar Campre (sub23) e Guilherme Almeida (sub20)

 

Excelente conjunto de resultados nos regionais de provas combinadas em Setúbal, especialmente no decatlo masculino, com Abdel Larrinaga (Estreito) a conseguir um recorde pessoal com um total de 7472 pontos (parciais: 100 m – 10,82, v:+3,2; comprimento – 7,26, v: -2,5; peso – 14,27; altura – 2,01; 400 m – 51,64; 110 m barreiras – 14,33, v: +1,0; disco – 40,72; vara – 4,40; 1 500 m – 5.18,29), à frente do seu colega de equipa, Edgar Campre, que somou 7331 pontos, obtendo marca de qualificação dos os Europeus sub23. O jovem portuense fez os seguintes parciais: 10,78 (v:2,7), 6,77 (-1,4), 12,53, 1,86, 49,34; 14,51 (1,0), 43,20, 4,30, 48,66, 5.01,73. 
Larrinaga, cimentou a sua posição de 3º de sempre, enquanto Edgar Campre subiu a sexto de sempre (terceiro em sub23).

 

Mas não se ficaram por aqui os bons resultados, já que Guilherme Almeida, do Escola do Movimento, no decatlo para juniores (peso de 6 kg, barreiras de 1 metro, e disco de 1,75 kg), somou 7177 pontos, subindo a terceiro de sempre na categoria, garantindo ainda marca de qualificação para os mundiais e europeus de sub-20 (juniores). Os parciais do benfiquista foram: 100 m – 11,13 (v: +2,7m/s), comprimento – 6,91 (-1,9), peso – 13,48, altura – 1,92, 400 m – 51,43; 110 m barreiras – 14,67 (+2,8), disco - 37,15, vara – 4,10, dardo – 44,94, 1500 m – 4.33,88.

 

Nas restantes provas, Mariana Bento (Sporting) venceu o heptatlo com 5077 pontos (recorde pessoal), enquanto em juvenis (sub18) venceram Rodrigo Alcobia (Benfica) com 5667 pontos e Ana Oliveira (Benfica) com 3846 pontos.