A Federação Portuguesa de Atletismo divulga a convocatória para o Atletismo dos Jogos do Mediterrâneo, competição que decorre em Tarragona, Espanha, a 27 a 30 de junho.
 

Estão assim convocados os seguintes atletas:
 

Masculinos
Ancuiam Lopes (SCP) - 100 metros e 4x100 metros
David Lima (SLB) - 200 metros e 4x100 metros
Diogo Antunes (SLB) - 100 metros e 4x100 metros
Francisco Belo (SLB) - Peso e Disco
Frederico  Curvelo (SLB) - 200 metros e 4x100 metros
Hugo Rocha (SLB) - 1500 metros
José Pedro Lopes (SLB) - 100 metros e 4x100 metros
Miguel Marques (SCP) - Comprimento
Paulo Conceição (SLB) - Altura
Rafael Jorge (SLB) - 200 metros e 4x100 metros
Ricardo dos Santos (SLB) - 400 metros
Samuel Barata (SLB) - 5000 metros


Femininas
Andreia Crespo (SCP) - 400 metros barreiras e 4x400 metros
Cátia Azevedo (SCP) - 400 metros e 4x400 metros
Evelise Veiga (SCP) - Comprimento
Filipa Martins (SCP) - 200 metros e 4x400 metros
Inês Monteiro (SCP) - 5000 metros
Irina Rodrigues (SCP) - Disco
Leonor Tavares (SCP) - vara
Liliana Cá (NLUZES) - Disco
Lorene Bazolo (SCP) - 100 metros e 200 metros  
Marta Onofre (SCP) - Vara
Patrícia Mamona (SCP) - Triplo Salto
Rivinilda Mentai (SLB) - 400 metros e 4x400 metros
Susana Costa (ACFR) - Triplo Salto


A comitiva do Atletismo será liderada por Luís Figueiredo, Vice-Presidente da Federação Portuguesa de Atletismo, com a responsabilidade técnica a cargo de José Santos, Diretor Técnico Nacional. Integram ainda a comitiva os treinadores João Abrantes, Carlos Silva, José Barros, José Uva, Pedro Rocha, Pedro Pinto e Júlio Cirino, o médico Daniel Cardoso e o fisioterapeuta Ricardo Paulino.
 

Comunicado

A FPA errou. Errou no processo de inscrição de dois atletas – Tsanko Arnaldov e Yazaldes Nascimento – nos Jogos do Mediterrâneo.

Não nos basta afirmar de que “errar é humano” e “só erra quem faz”. Tal não deve acontecer nunca.

Lamentamos muito o erro cometido, decorrente de falhas de comunicação, entre os serviços administrativos da FPA e os próprios atletas. 

Não queremos que algo semelhante aconteça em competições doutra relevância. Comprometemo-nos a mudar as condições que provocaram esta falha. Procuraremos concentrar, ainda mais, a nossa organização no essencial e o essencial é o atleta. 

Somos há muito uma federação centrada nos atletas, nos seus problemas, no seu progresso e no seu futuro.

Mantemos a confiança nos nossos colaboradores, mas procederemos a mudanças significativas no funcionamento dos nossos serviços. Aqueles colaboradores que agora falharam são também aqueles que ao longo de anos têm oferecido o seu melhor esforço para ajudar os atletas na sua evolução e nas suas carreiras.

Aos atletas apresentamos, publicamente, as nossas sentidas desculpas.