Foto destaque: FPA/Luís Barreto

Realizou-se hoje, 28 de março, a última jornada dos Campeonatos Nacionais de Clubes em Pista Coberta, em Pombal, naquele que foi o segundo dia de competição da série B. Os resultados deste fim-de-semana não impediram o Sporting Clube de Portugal (SCP) de se sagrar campeão, em masculinos (198 pontos) e femininos (200 pontos) e também não alteraram os três primeiros lugares, mas ditaram alterações, para ambos os setores, no top 8, que corresponde à primeira divisão do modelo anterior desta competição.

 

Começando pelo setor feminino, coletivamente, a Associação Cultural e Desportiva do Jardim da Serra e o Grupo de Atletismo de Fátima alcançaram a mesma pontuação (159 pontos), naquela que foi a melhor classificação de sempre destes clubes nesta competição. Em quarto e quinto lugares mantiveram-se, respetivamente, o Juventude Vidigalense (156,5 pontos) e o Sporting Clube de Braga (147 pontos). Já o sexto e sétimo lugares passaram a ser ocupados, respetivamente, pelo Maia Atlético Clube (MAC), com 123,5 pontos, e pelo Clube de Futebol de Oliveira do Douro (CFOD), com 112 pontos, que “empurraram” a Associação Desportiva e Recreativa de Água da Pena e o GRECAS para o oitavo lugar, ambas as equipas com 105 pontos.

 

Já do lado masculino, o Juventude Vidigalense (161 pontos), o Sporting Clube de Braga (143,5 pontos) e a Casa do Benfica de Faro (143 pontos) mantiveram, respetivamente, a segunda, terceira e quarta posições. O Atlético Clube da Póvoa de Varzim (ACPV) e o MAC conseguiram classificar-se nos lugares seguintes da tabela, o quinto e sexto, respetivamente, fazendo o Clube de Atletismo de Seia e o GRECAS descer à sétima e oitava posições.

 

(Foto: FPA/Luís Barreto)

Individualmente, em masculinos, destaque para o Sub-23 André Moura, do Clube de Campismo de São João da Madeira (CCSJM), que venceu a prova de 800 metros da série B, com o tempo de 1m53,91s, marca que o colocou no segundo lugar da geral, atrás de Nuno Pereira, do SCP. Destaque ainda para Simão Bastos, do ACPV, vencedor, com recorde pessoal, dos 3000 metros da série B, e para Paulo Barbosa, do Maia A MAC, segundo classificado nesta prova. Respetivamente, com 8m14,54s e 8m17,50s, estes atletas alcançaram o segundo e terceiro lugares da geral. Recorde-se que Simão Bastos foi ontem segundo classificado da série B, nos 1500 metros, com a marca de 3m52,60s, que o colocou no terceiro lugar da geral.

 

(Foto: FPA/Marcelino Almeida)

 

Do lado feminino, na jornada de hoje destacou-se a Sub-20 Maria Santos, do Clube de Futebol de Oliveira do Douro (CFOD), que venceu os 60 metros barreiras com o tempo de 8,67 segundos, recorde pessoal, alcançando o segundo lugar da geral, apenas atrás da atleta do Juventude Vidigalense, Raquel Lourenço, que venceu a prova na série A, com o tempo de 8,64 segundos; para depois vencer também a prova de 60 metros, com a marca de 7,79 segundos, também recorde pessoal, que lhe valeu o terceiro lugar da classificação geral.

 

(Foto: FPA/Luís Barreto)

 

No salto em comprimento, a Sub-23 Ana Rita Silva, do MAC, venceu a série B, com a marca de 5,75 metros, alcançando o 3.º lugar da classificação geral. Destaque ainda para Mariana Novo, do ACPV, que venceu o triplo salto da série B, com a marca de 12,58 metros, batendo, por duas vezes, o seu recorde pessoal e alcançando a quarta posição na classificação geral, tornando-se na 13.ª melhor Sub-23 na disciplina.

 

Beatriz Pereira, do MAC, venceu os 800 metros na série B, com o tempo de 2m14,54s, marca que a colocou no quarto lugar da geral; Lia Lemos, do MAC, depois de vencer ontem a série B dos 1500 metros, alcançando o quarto lugar da geral, venceu hoje os 3000 metros, com o tempo de 9m39,94s, marca que a colocou na quinta posição da geral.

 

A competição feminina terminou com a prova de 4x400 metros, que foi ganha pelo CFOD, em 4m7,57s num duelo com o MAC, alcançando a primeira equipa o 7.º lugar da geral.

 

Voltando às prestações masculinas, o Sub-23 Diogo Guerra, do MAC, venceu a série B dos 60 metros barreiras, com o tempo de 8,38 segundos, classificando-se em quarto lugar na geral. Em quarto lugar da geral classificaram-se também, no salto em comprimento, Bruno Leite da Costa, do ACPV, que venceu a série B com a marca de 7,01 metros, a sua melhor esta temporada; e, nos 60 metros, Fábio Cunha, da Associação Cultural Recreativa Senhora do Desterro, que venceu a série B com a marca de 7,09 segundos.

 

No triplo salto, Marcos Caldeira, do MAC, venceu com a marca de 14,32 metros, que o colocou no sexto lugar da geral. As provas masculinas terminaram com a estafeta de 4x400 metros, cuja vitória sorriu também ao MAC, com o tempo de 3m27,39s, marca que permitiu alcançar o sexto lugar da geral.

 

Os resultados completos estão disponíveis no site FPA Competições.